Gênero, golpe e democracia – Marlise Matos

A professora Marlise Matos apresenta em Gênero, golpe e democracia uma possível relação entre o gênero, nossa democracia e o golpe de 2016 com a deposição da presidenta Dilma Rousseff. Ela chama a atenção para as tentativas de retirar o termo gênero de documentos da Educação (Base Nacional Curricular, Plano Nacional de Educação, por exemplo) e de leis comuns e o movimento de um campo político e religioso conservador que, em nome de um suposto estado democrático de direito, vem minando várias conquistas e retrocedendo em posições indiscutíveis de acesso a direitos humanos, civis, sociais e sexuais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s