Igualdade de gêneros: saiba educar com esses valores

A discussão sobre igualdade de gêneros é um tema que tem se tornado cada vez mais presente no dia a dia em todo o mundo. As práticas tradicionais que ditam o comportamento de homens e mulheres têm sido alvo de críticas frequentes, já que boa parte das pessoas compreende que um mundo melhor é feito também a partir de direitos iguais.

Sabemos que o primeiro passo para a mudança já foi tomado, com o surgimento de movimentos em prol da igualdade de gêneros e maior discussão sobre o tema na mídia e nas casas das famílias. Entretanto, muito ainda deve ser feito. Por isso, é preciso começar a ensinar nossas crianças sobre a importância de se crescer em uma sociedade igualitária, onde todas as pessoas têm direitos iguais, independente de sua raça e, em especial, de seu gênero. Você sabe como educar suas filhas e seus filhos com esses valores?

Estimule a igualdade de gêneros dentro de casa

Se você tem filhas e filhos, a melhor maneira de começar a educar as crianças em relação ao gênero é estimulando a igualdade nas rotinas de casa. Você não acha que suas filhas e seus filhos devem ser tratadas/os da mesma maneira, ter as mesmas obrigações e os mesmos direitos dentro de sua própria casa, independente de seu sexo? Se a sua resposta é sim, você está pronto/a para começar a educar suas filhas e seus filhos com relação à igualdade de gêneros.

Eles vão ter características diferentes, vontades diferentes e aptidões diferentes. Porém, as oportunidades e os ensinamentos devem ser os mesmos para todos.

Tenha cuidado com pequenas atitudes que estimulam a desigualdade

A primeira experiência que pode ser prejudicial para a educação igualitária é vivida pela criança ainda antes de nascer, quando suas mães e seus pais optam por pintar a parede de seu quarto de azul ou rosa. Essa escolha por cores, por tipos de brincadeiras ou brinquedos e até por tipos de roupas que cada criança pode ou não pode usar pode ser uma pequena atitude que interfere em uma criação igualitária.

Se seu filho gosta de rosa ou sua filha de azul, isso deveria ser visto como uma situação natural. Somos nós que criamos essas referências e temos condições perfeitamente de questioná-las e modificá-las. Colocar todos eles para arrumar a cozinha ou organizar a casa é uma atitude de uma mãe e um pai que quer educar filhos e filhas para um mundo melhor. Tome cuidado para que pequenas ações tradicionais não estimulem seus filhos e suas filhas a desenvolver atitudes não igualitárias. Afinal, o que mais desejamos é que eles possam aprender a conviver com uma sociedade justa para todos.

Seus filhos e suas filhas devem se sentir confortáveis para expressar seus sentimentos e vontades

Não existe problema algum se sua filha prefere jogar futebol a brincar com bonecas, assim como não é errado que seu filho chore quando está triste ou emocionado com alguma situação.

Uma maneira de educar suas crianças sobre a igualdade de gêneros é tentar ajudá-los a entender que não existem ações específicas para cada sexo. É importante explicar que não existe certo ou errado nos seus desejos, atitudes e vontades: elas e eles devem sempre buscar ser felizes e autênticos!

Lembre-se de tentar oferecer oportunidades iguais sempre

Outra maneira de estimular a igualdade de gêneros em casa é tentar oferecer sempre as mesmas oportunidades para suas filhas e seus filhos. Todxs têm direito a gostar das mesmas coisas, a frequentar os mesmos lugares e até mesmo a estudar os mesmos conteúdos. Essa pode ser uma atitude simples para começar a estimular a igualdade na criação de suas filhas e seus filhos.

Algumas situações do dia a dia podem dar exemplos sobre esse tema

Você vivenciou uma situação de desigualdade de gêneros? A novela de hoje tratou desse tema com algum personagem? A revista em quadrinhos ou um site consultado por sua filha ou seu filho abordou esse assunto? Aproveite a oportunidade para abrir o diálogo e explicar para suas filhas e seus filhos como a igualdade entre os gêneros é um direito de todo humano e que ninguém deve ser discriminado/a, em nenhuma situação, por ser de sexo diferente.

Educar as filhas e os filhos sobre essa temática é uma das maneiras de garantir que elas e eles cresçam em um mundo mais justo e com oportunidades para todos.

A educação é sempre a base de um futuro melhor para nossas/os filhas/os. E você, como lida com essa questão dentro de casa? Tem alguma dificuldade de quebrar as regras estabelecidas e oferecer uma educação mais consciente? Compartilhe com a gente, vamos trocar experiências!

A Barata Diz Q Tem é um blog com conteúdo sobre infância. Temas diversos são abordados, como educação e cultura, brinquedos, brincadeiras e comportamento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s